Pesquisar neste blogue

19 janeiro, 2018

Biografia da Maria Ivone Soares

Maria Ivone Bernardo Rensamo Soares, mais conhecida como, Ivone Soares, nasceu a 23 de Outubro de 1979, é um política moçambicana (RENAMO) e um jornalista. Desde 2015, ela é a líder do partido RENAMO no Parlamento Nacional moçambicano
Vida
Fonte: imfomoz.com
Ivone Soares nasceu em 1979 e cresceu em Maputo. Ela é a sobrinha do presidente da RENAMO, Afonso Dhlakama. 
Soares estudou Ciências da Comunicação (Bacharel) de 2008 a 2011 e Mestrada em Ciências (2010/11) na Universidade Politécnica de Maputo. Soares trabalhou como jornalista e colunista, inclusive para várias estações de rádio (Terra Verde) e jornais (Tempo, Savana, etc.). Soares corre e escreve para vários blogs em que ela publica opiniões políticas irregulares, mas também poemas.
Carreira política
Soares juntou-se a RENAMO em 1993/94, na sequência da democratização de Moçambique. Entre 2007 e 2012, foi chefe do grupo de trabalho da política externa do partido. Em julho de 2009, Soares foi nomeado para a Comissão Política da RENAMO. Para as eleições parlamentares de 2009, ela tive o dever de porta-voz eleitoral da RENAMO. Ao mesmo tempo, ela concorreu para um mandato parlamentar e ganhou isso para província da Zambézia.
Na sequência da crise política e do conflito renovado entre FRELIMO e RENAMO desde 2013, o presidente da RENAMO, Afonso Dhlakama, saiu de Maputo e mudou-se para a antiga base da Gorongosa. Como resultado, a Soares ganhou uma posição-chave nas comunicações externas. Entre outros, Soares conseguiu persuadir cinco embaixadores (EUA, Portugal, Itália, Reino Unido e Botswana) a realizar conversas políticas com Dhlakama em Sadjundjira (província de Sofala), e algumas semanas depois, Dhlakama assinou o Segundo Acordo Geral de Paz.
Fonte: macua.blogs.com
Em setembro de 2016, Soares sobreviveu a um ataque (tentativa) contra ela no aeroporto de Quelimane. Soares teve que visitar antes da instalação correcional na cidade. O chefe de polícia da província da Zambézia aconselhou Soares a deixar a cidade porque a polícia não podia garantir sua segurança. 
Ivone Soares faz parte de uma geração jovem e inovadora dentro da RENAMO. Ela às vezes é referida como a "estrela" da RENAMO.  Em 2014 e 2015, o Relatório da África selecionou Soares como a única moçambicana a se tornar uma das 50 estrelas em ascensão da África


Fonte:

2 comentários:

Holy Spirit disse...

Wau!! Lindo exemplo a seguir, pessoas que acreditam veêm o que outros nao conseguem ver. Finalmente agora faz sentido, mas é só apenas...o começo de uma grande colheita...que a semente ja lançou o nosso saudoso papá Afonso Dlhakama. Moçambique é a esperança do continente africano e desta vez será de uma maneira nunca vista antes, a Renamo e a oposição parlamentar moçambicana, fez sim um uma tarefa que aparentemente era impossivel, será um bem para todos nós e, até para os descendentes dos que ignoravam essa questão da revisão!!! Parabéns minha irmã, por transmitir esse espírito de liderança que promete, sendo fiel aos interesses da maioria da população moçambicana.

Desafios da Vida disse...

Para quem conhece verdadeiramente a ela consegui notar que este texto tem sérios erros e na verdade parece que é uma ligação do que tem em outras sites e nem tem muito de biografia. Sugiro que voltem a redigir o texto e apresentem a pessoas.